Acabamos de liberar o 4o. episódio na temporada dos 7 Pecados Capitais do Podcast Caos Corporativo! E vamos falar sobre a Inveja no mundo corporativo! Falar sobre a inveja é falar sobre puxada de tapete! Mas por que um colega decide prejudicar o outro?

Para ouvir o episódio novo, clique aqui: Podcast Caos Corporativo: Inveja!

Medo se ser preterido em uma promoção? Instinto de sobrevivência corporativa? Receio de não saber lidar com a comparação com outro, que possa ser melhor? São vários os motivos, mas o fato é que situações como essa são cada vez mais recorrentes nas empresas.

Mas como evitar esse tipo de desgaste, na sua maioria emocional, e como retaliar os ataques de pares no dia a dia?

Um paralelo interessante nas relações de trabalho, vem do segmento médico. Nossos doutores sempre dizem que é melhor atuar de forma preventiva em nossa saúde, pois a corretiva sempre é mais crítica. Tomar remédios e fazer uma cirurgia é bem pior do que praticar exercícios regularmente e cuidar da alimentação.

Sendo assim, a primeira dica é atuar preventivamente para que não puxem seu tapete. Como? Cuidando da relação com seus colegas. Muitos profissionais investem muito mais na relação com seus chefes e deixam de lado a dedicação de tempo e energia em construir alianças estratégicas com seus pares. Conversas com os colegas não podem se limitar aos bate-papos informais entre baias.

É preciso colocar na agenda atividades para se relacionar com os colegas.

Outro fator que contribui com o estresse entre colegas, e a consequente tentativa de puxada de tapete é a gestão errada de informações. Alguns colegas acabam tendo informações em maior quantidade ou qualidade do que seus pares, e entendem que isso é algo extremamente valioso. Protegem a informação, não compartilham. Aqui não se trata de informações confidenciais, mas sim, circunstanciais. Tais pessoas entendem que ter acesso ao conhecimento de um fato, uma informação dada pelo chefe ou qualquer outro acesso a pesquisa fará com que seja visto de forma diferenciada.

Este profissional guarda a informação e espera um determinado momento para poder usá-la, surpreendendo os próprios colegas. “Amigo, por que você não nos contou que sabia disso?” Os colegas se frustram.

A mágica da construção de um relacionamento está em compartilhar o que se sabe, e não guardar em um cofre para nutrir-se da falsa percepção de que se é diferenciado por saber algo sozinho. 

Isso evita que a inveja tome conta da relação no ambiente de trabalho.

A segunda dica é: compartilhe o que sabe. Se você tiver dúvidas se pode compartilhar com os colegas, pergunte ao seu chefe. Certamente você será visto como alguém que contribui com o desenvolvimento de todos. Puxar o seu tapete ficará mais difícil, já que você será visto como um profissional que se preocupa com os demais.

Pessoas de má fé também entram neste rol. Neste caso, não se trata de pisada de bola, falta de trato com os colegas ou instinto de sobrevivência. Me refiro aqui aos famosos “canalhas corporativos“, e acredite, eles existem em grande quantidade. Este tipo de profissional tem prazer em prejudicar o colega. É motivado a puxar o tapete simplesmente pela satisfação de ver o “pó subir”, criar um clima tenso, ver o sofrimento dos outros. Pratica a maldade pela maldade. Dissemina fofocas, cria intrigas, sugere demissões.

E se possui um chefe fraco, acaba se tornando um conselheiro da maldade.

Profissionais desse tipo precisam ser excluídos do mercado de trabalho. Se topar com um tipo desses na sua empresa, e principalmente sua área, siga meu conselho como terceira dica:

Dê um jeito de puxar o tapete dele, antes que ele puxe o seu. Isso mesmo. Esqueça essa história de dar a outra face. O mundo em que vivemos não tolera mais esse tipo de profissional, portanto, converse com seu gestor sobre essas atitudes, e se não confiar no seu chefe, procure o RH, o chefe do chefe, ou seja, faça algo. A empresa vai te agradecer e o universo também. 

Para complementar esse tema, te convido a ouvir o Podcast que gravamos sobre a inveja:

Podcast Caos Corporativo: Inveja!


Alberto Roitman, é uma alma livre, autor do livro: Você é o que Você Entrega! A Última Chance.