PÚBLICO ALVO
Gestores de empresas, pessoas de Compliance e áreas afins, auditores internos e pessoas interessadas no tema.

CARGA HORÁRIA
8 horas.

CENÁRIO
O cenário de corrupção vem se tornando cada vez mais perigoso para as empresas. O risco não é só pelo ato ilícito, mas também pela relação com outras empresas, o que poderá trazer consequências catastróficas aos negócios.

Visando mitigar esses riscos, torna-se altamente recomendável a adoção de um programa de Compliance.

OBJETIVO
O seminário visa possibilitar aos participantes uma visão de uma estrutura de Compliance, as suas relações com a governança corporativa, controles internos e a auditoria interna. Discutir cada passo que compõe um a estrutura de Compliance.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
– Responsabilidade objetiva;
– Identificação dos riscos e elaboração da matriz de riscos;
– Atividades e níveis de controles;
– Níveis hierárquicos e respectivas responsabilidades;
– Manuais, controles internos, procedimentos, políticas e operações;
– Código de ética e conduta;
– Canal de comunicação;
– Comitê de ética;
– Cadastro e pessoas politicamente expostas;
– Comunicações ao COAF / Órgãos reguladores;
– Monitoramento;
– Auditoria interna;
– Guarda da documentação;
– Revisão e atualização do programa de Compliance.

PALESTRANTE
Paulo Araújo
Possui MBA em Engenharia Econômica e Financeira pelo LATEC – UFF. É Contador formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, possuindo mais de 25 anos de experiência em empresas multinacionais e internacionais e de auditoria externa (KPMG e BKR Lopes Machado). É palestrante de seminários e fórum de debates e escreve artigos para a revista do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças. É líder em Compliance e Due Diligence da Lopes, Machado Auditores – BKR. Professor da Pós-graduação da Universidade Candido Mendes e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

Andréa Barcelos

21 2156-5804

atendimento@bkr-bs.com.br